NAQUELE DIA VI VOCÊ SUMIR

 

Em fase de pesquisa, Naquele dia vi você sumir, projeto a ser realizado em parceria com o Grupo Magiluth de Recife, parte do livro Eles Eram Muitos Cavalos, de Luiz Ruffato, que retrata um dia da cidade de São Paulo. Seus habitantes seguem realizando pequenos e grandes feitos cotidianos, protagonistas de uma narrativa subterrânea que representa, ao fim, o próprio tecido das grandes cidades.

 

 O romance completa 15 anos em 2016. Foi vencedor dos prêmios APCA e Machado de Assis e está publicado em mais de 5 países.

 

Nas palavras de Ruffato: “O que leva alguém a se interessar pelo livro? Talvez o que mais esteja presente é uma questão transcendente... o que importa é tentar compreender o ser humano, buscando a coisa que mais nos interessa: a felicidade. Não importa em que lugar do mundo você esteja, nem sua classe social, o que está presente são as várias possibilidades (ou impossibilidades) de ser feliz”.

 

Ruffato estruturou seu romance em 69 episódios alternando entre poesia, discurso publicitário, música, teatro e prosa, instantâneos de uma cidade que se move deixando para trás um rastro de esquecidos que se confrontam, em atos que alternam solidariedade e a frieza.  A partir desses episódios, "Naquele dia vi você sumir" pretende trazer à cena tais vozes submersas no espaço urbano; sujeitas à incompreensão e ao descaso, elas buscam uma forma de não desaparecer.

                                                                             

O intercâmbio entre os grupos Areas e Magiluth (PE), ambos experientes em processos de criação dramatúrgica coletiva, trará ao palco personagens e situações próprias do romance: um homem só num quarto de hotel, crianças roídas por ratos em barracos imundos, uma atriz desempregada que aguarda uma ligação, um operário que se arrisca nas alturas de um andaime, uma mãe solteira e seu filho desaparecido, famílias vivendo aglomeradas em caixas-apartamentos, uma estante de livros na casa de alguém, vendedores de balas, motoristas de táxi, recordações da vida no interior deixada para trás, entre outras. 

fotos da residência artística realizada a partir do livro " Eles eram muitos cavalos" - Teatro Poeira - Agosto de 2016

1/4

FICHA TÉCNICA 

Criação e direção Areas Coletivo

Dramaturgia Ismael Caneppele em colaboração com Camila Márdila, Liliane Rovaris e Miwa Yanagizawa

Elenco Camila Márdila, Miwa Yanagizawa, Giordano Castro e Pedro Wagner

Intercâmbio Artístico Grupo Código

Direção de Produção Quintal Produções

Idealização e Realização Areas Coletivo